Lembranças. (Fernando)

Quando era pequeno ele me contou muitas histórias de viagens que fazia ao Paraná para comprar feijão na década de 60.  Eram viagens longas, de 10 até 14 dias para se rodar de Itu-SP até Andirá, Cambará, nessa região, para comprar feijão.

Sempre a bordo de um FNM ano 1956 cor verde.  Contava das chuvas que pegava pelas estradas, das pontes de madeira, algumas apenas com uma tora de cada lado, que precisava descer para guiar ou ser guiado.  Contava das paradas, das amizades, da confiança das pessoas (empréstimo de um pneu novo para toca na estrada, pois colocaram no Alfa o estepe do Internacional NV-180 por engano) e por ai afora.
Das noites que dormia sentado no banco com a pasta repleta de dinheiro para comprar feijão, com medo de assalto;  das fugas da chuva pela estrada de terra carregado de algodão quando não achava feijão para comprar;  dos motoristas valentes que trabalharam com ele (ele dirigia também, mas acho que não era muito apto ao Alfão);  enfim, conforme fui lendo as histórias, fui lembrando de nós sentados à cozinha de casa, ouvindo suas aventuras para ganhar a vida.
Lembro desse Alfa verde, no toco, parado em frente ao seu armazém, carregado ora com sacarias ora, com tijolos (ele tinha cerâmica também).
Depois tive a felicidade de andar em um FNM 180 0km que ele comprou em 1976. Lembro-me da primeira viagem que fizemos com ele até Itanhaém. É como vcs disseram: o ronco do motor do danado nunca mais sai da nossa cabeça!
Esse caminhão foi o único que não consegui dirigir ( o câmbio era cruel comigo)… mas não desistia…
Certa vez vim na cidade com ele e o João precisou ir me buscar…rsss.  Tive que aguentar as gozações depois.
Mas o tempo foi passando e ele acabou vendendo o 180 pois não achávamos mais motorista para ele.
Enfim, hoje acabei ficando emocionado em ler essas histórias e lembrar de meu pai me contando.
Agradeço a vocês por não deixarem apagar essa lenda do transporte no Brasil.  Ele realmente foi como o 58 tinha escrito em seu pára-choque dianteiro: ¨Pioneiro¨.

Anúncios

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: