Como se livrar de um Alfa

Caros Amigos,

 
Era uma vez um alfeiro que já não agüentava mais o seu pau velho (o Alfa) e, conversando com a mulher, decidiu se livrar dele, pois só estava dando prejuízo e todo o dinheiro que tinham conseguido já havia sido gasto com os constantes consertos.
Decidiram que deixariam o caminhão na rua, defronte da casa, com os vidros abertos, as portas destrancadas e com a chave no contato, na esperança de que alguém aproveitasse e levasse embora o velho alfa, livrando-os assim de seus sofrimentos.  Como eles moravam em um bairro meio barra pesada, as chances eram grandes.
Anoiteceu e os dois ficaram em grande expectativa, nem conseguindo pegar no sono.
Já bem noite adentro, ouviu-se subitamente o inconfundível ronco de um alfa.  O velho motorista agradeceu aos céus, pois pelo jeito o pau velho pegou na primeira!  Depois notou um barulho de gente se movimentando lá fora, portas batendo e, finalmente, a volta do silêncio noturno.
O velho cutucou a esposa e disse, todo satisfeito: “- Mulher, graças a Deus, levaram a desgraça embora, estamos livres!!”. Felizes e satisfeitos, adormeceram quase que imediatamente.
Acordaram pela manhã, já bem tarde, espreguiçaram demoradamente e abriram a janela, a fim de apreciar o vazio que ficara no lugar onde estava o caminhão;  mas quase caíram de costas, pois o velho fenemê não só continuava lá, como havia um outro alfa remontado sobre ele!
 

 
Anúncios

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: